O fim da Legião Urbana

Em 1998, Dinho Ouro Preto voltou para o Capital Inicial para comemorar os 16 anos da banda. O repertório do show era composto por sucessos do grupo, músicas não conhecidas e canções de outras bandas dos anos 80 como Aborto Elétrico, Legião Urbana e Plebe Rude. Nesse mesmo ano, o Capital foi aos Estados Unidos gravar o disco Atrás dos Olhos, que marcou oficialmente a volta de Dinho. O álbum teve canções que foram destaques como 1999, Eu vou estar e O mundo, composta pelo baixista da banda Viper e irmão do atual guitarrista do Capital, Pit Passarell.

Em 1999, o Capital lançou a coletânea Millenium com os grandes sucessos da banda. Nesse mesmo ano fizeram uma turnê pelo país e tiveram a ideia de gravar um disco ao vivo. Surge então, em 2000, o Acústico MTV com a participação da cantora Zélia Duncan e do cantor Kiko Zambianchi, que fez parte da turnê com o Capital Inicial totalizando mais de 250 shows, entre eles o Rock in Rio de 2001. A primeira tiragem do álbum se esgotou rapidamente nas lojas do país. A música de trabalho escolhida para tocar nas rádios, Tudo que vai, se tornou um grande sucesso. Outras canções também estiveram no topo das paradas como Primeiros Erros, composta por Zambiachi, Natasha, Cai a noite, Independência e Fogo. Em 2001, o Acústico MTV atingiu mais de 1 milhão de cópias vendidas com Natasha, uma das músicas mais executadas nas rádios naquela época.

Enquanto o Capital atingia seu auge, os Paralamas do Sucesso voltavam ao topo. Apesar das fracas vendas do álbum Severino, a turnê foi muito bem sucedida e resultou no disco ao vivo Vamo Batê Lata, que tinha quatro músicas inéditas e o grande sucesso Uma Brasileira. Com o álbum, o grupo atingiu a maior vendagem da carreira: quase 1 milhão de cópias. Os Paralamas continuaram lançando outros discos que foram sucesso como Nove Luas com as músicas Lourinha Bombril e La Bella Luna, com mais de 500 mil cópias vendidas, e Hey Na Na com o outro sucesso Ela Disse Adeus. Em 1999, o grupo gravou o Acústico MTV com participação da cantora Zizi Possi e do guitarrista Dado Villa Lobos. O disco vendeu mais de 500 mil cópias e venceu o Grammy Latino na categoria melhor álbum de rock brasileiro. No ano seguinte, eles lançaram a coletânea Arquivo II com vários sucessos da banda e uma música inédita: Aonde quer que eu vá.

Enquanto os Paralamas voltavam ao topo, a Legião estava perto do fim. O último show da banda de Renato Russo aconteceu em 14 de janeiro de 1995 em Santos, litoral de São Paulo. Em certo momento da apresentação, uma lata de cerveja atingiu o vocalista, que continuou o show deitado no chão por mais de meia hora. Era o último momento que o público presenciava Renato, Dado e Bonfá juntos no palco. As brigas entre eles já eram frequentes, o clima nos ensaios era pesado e o fim da Legião parecia ser inevitável.

Nesse mesmo ano, vários discos do grupo foram remasterizados no estúdio britânico Abbey Road Studios, famoso por vários álbuns dos Beatles, e lançados em uma lata chamada Por Enquanto 1984-1995. A lata vinha com um pequeno livro, que tinha o texto escrito pelo antropólogo Hermano Vianna, irmão do músico Herbert Vianna.

O último álbum da Legião foi lançado em 1996. As letras abordam vários temas como solidão, amor, depressão e homossexualidade.

a-tempestade-ou-o-livro-dos-dias-W320
“A Tempestade” é considerado um dos discos mais melancólicos do grupo

Renato Russo se recusou a fotografar para o encarte do disco, pois ele já estava muito debilitado por causa da AIDS. O fim oficial da banda foi anunciado por Dado e Bonfá em 22 de outubro de 1996, onze dias após a morte de Renato Russo.

Confira o texto escrito por Hermano Vianna na lata Por Enquanto 1984-1995

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s